Câmbio monetário para troca de moedas

O que é uma troca, câmbio monetário, compra e venda de moeda estrangeira? Normalmente para se adquirir moedas estrangeiras como o Dólar, Euro, Libra, Pesos etc., deve encontrar uma casa de câmbio que é a empresa que tem o direito legal de trocar uma moeda por outra para seus clientes, ou ir a o seu banco caso tenha acesso a valores mais acessíveis.

Câmbio monetário para troca de moedas

Câmbio monetário para troca de moedas

Para fazer a troca de dinheiro físico local (moedas e notas de papel) por outras moedas estrangeiras, em geral, a troca é feita diretamente no balcão de um caixa, em uma casa de câmbio ou pela Internet usando sites, plataformas ou aplicativos moveis para essa finalidade.

As  casas de câmbio também são conhecidas como “Bureau de change, ou seja, uma casa de câmbio ou corretora de câmbio não deve ser confundida com o mercado de câmbio (forex), onde os comerciantes e instituições financeiras negociam em moedas.

Câmbio monetário é tipo de negócio que permitem aos clientes comuns trocarem uma moeda por outra de sua preferência. As casas de câmbio podem ser encontradas em locais físicos, como bancos, quiosques, escritórios ou lojas em aeroportos, mas são cada vez mais comuns as lojas de câmbio online.

As taxas de câmbio monetário para compra e venda de dólar por exemplo variam muito em relação as taxas de cartão de crédito, normalmente elas podem ser menores do que as taxas pagas por meio das taxas de câmbio encontradas em cartões de bancos ou administradoras de cartões.

Como funciona o câmbio de moedas?

Os negócios de câmbio, tanto físicos quanto online, permitem que você troque a moeda de um país por outro, executando transações de compra e venda. Por exemplo, se você tem reais brasileiros e deseja troca-los por dólares americanos, ou vise versa, leve seus Reais (ou cartão de crédito) para a casa de câmbio e compre dólares americanos com eles.

A quantia que você pode comprar depende da legislação vigente em seu local de origem e esse valor pode mudar de país para país. Cabe a loja de câmbio vender a moeda dentro da Lei e com uma taxa que garanta a ela a obtenção de lucro na transação.

Por exemplo, suponha que a taxa comercial para trocar reais brasileiros por dólares americanos esteja listada como R$ 5,25 para o dia. Isso significa que, para cada dólar americano comprado, você vai desembolsar R$ 5.25 reais negociados à vista. Mas a loja de câmbio pode modificar essa taxa para R$ 5,28, o que significa que você vai obter menos dólares americanos. Por causa dessa mudança na taxa de câmbio comercial, você gastará efetivamente 3 centavos a mais por cada dólar comprado.

Quando a transação não é conduzida pela taxa de câmbio monetário comercial à vista e dependendo da forma como a troca for feita, os consumidores podem descobrir que é muito mais caro fazer trocas para comprar dólar em ATM ou usar o cartão de crédito no destino estrangeiro, em vez de comprar dólar em serviços de câmbio locais antes de viajar.

Os viajantes são aconselhados em artigos e matérias a estimar quanto dinheiro gastarão em uma viagem e comparar os valores economizados por meio de transações normais feitos em casa de câmbio com pagamento à vista.

A conversibilidade da moeda é essencial em uma economia global e crítica para o comércio e finanças internacionais. Uma moeda que não pode ser convertida representa grandes barreiras ao comércio, ao investimento estrangeiro e ao turismo.

Onde encontrar uma casa de câmbio?

As empresas cambiais, corretoras, lojas e casa de câmbio que operam essas transações podem ser encontradas em uma variedade de formas e locais. Pode ser uma pequena empresa independente operando em um único escritório, ou pode ser uma rede maior de pequenas cabines de serviço de câmbio em aeroportos, ou pode ser um grande banco internacional oferecendo serviços de câmbio monetário em seus caixas.

Os aeroportos são comuns para lojas e casas câmbio de moeda, onde os viajantes compram a moeda de seu destino de viagem ou trocam qualquer excesso de dinheiro de volta para a moeda local quando retornam. Como os aeroportos são vistos como o último porto de escala, as tarifas das bolsas de aeroportos serão, em geral, mais caras do que as de um banco na cidade de partida.

Em viagens internacionais não usar dinheiro está se tornando cada vez mais comum, pois alguns bancos e financeiras oferecem cartões de crédito ou cartões de viagens que podem carregar vários tipos de moedas estrangeiras com pouca ou nenhuma taxa de câmbio monetário.

Além disso, os caixas eletrônicos offshore são uma opção viável para as instituições com nível global. Por exemplo, caixas eletrônicos do HSBC, Santander entre outros são predominantes em Nova York, Londres e na maioria das grandes cidades.

Os serviços de câmbio também podem ser encontrados por meio de empresas que oferecem esses serviços online. Isso pode ser oferecido como parte dos serviços fornecidos por um banco, uma corretora de câmbio ou outra instituição financeira. Uma empresa de câmbio de moeda lucra com seus serviços ajustando a taxa de câmbio monetário ou cobrando taxas ou ambos.

Ao viajar para fora do seu país, observe as taxas específicas do país. Por exemplo, os viajantes norte-americanos a Portugal provavelmente acharão mais vantajoso trocar seus dólares americanos por euros ou libras antes de ir para lá.

Leave A Comment